Picture
Subida para Telephone Ridge.
20 de Janeiro de 2011
Base Antárctica Espanhola Gabriel de Castilla, Ilha Deception

Hoje era o último dia disponível para podermos ir a Kendall Terrace, na parte externa da caldeira do vulcão. Já tinhamos tentado no início da campanha, mas não tinhamos conseguido chegar lá por causa do excesso de neve numa das portelas que deviamos atravessar. Hoje subimos por outro lado, dando uma volta maior e, depois de uma íngreme subida, conseguimos passar para o exterior da ilha. Tivemos sorte com o tempo e as temperaturas foram amenas (cerca de 2ºC) e praticamente não tivemos vento.

Kendall Terrace é um amplo patamar localizado a cerca de 100 m de altitude, do lado oeste da ilha. Como esperávamos, encontrámos sinais de uma dinâmica geomorfológica diferente daquela do interior da caldeira. A solifluxão aparece mais visível e a amplitude da plataforma permite o desenvolvimento de amplos glacis de acumulação, entalhados por estreitos barrancos preenchidos por neve e sedimentos. No mar, entre Deception e Livingston, viam-se baleias aqui e ali. A ilha Livingston estava espantosa a norte, vendo-se toda a costa, desde a Península Byers até aos Montes Friesland que apareciam monumentais acima das nuvens.

Voltámos ao final do dia, depois de ter ainda feito duas amostragens de solo. Antes de descer para a caldeira ainda tivemos tempo de ver, numa rara abertura entre as nuvens, uma vista incrível para as montanhas glaciadas da Península Antárctida. Descemos para o interior da caldeira e voltámos para a base de zodiac.
Picture
Jim a observar a estrutura numa acumulação de cinzas em Kendall Terrace.
 


Comments

Rita Vieira
01/21/2011 11:05

Achei muito engraçado e dou os parabéns
ao Gonsalo Vieira e claro a todo o grupo tambem.
Só gostava de perguntar se se pode tomar banho nas caldeiras.
O Pedro quer ter fotografias dos pinguins e tambem gostava de saber se as pessoas se queimam nas caldeiras.

Reply
Jordi Nofre (Marc's friend)
01/27/2011 08:39

Olá Gonçalo!!

O blog é muito bom e muito interessante!!

Olha, te agradeceria se podes dizer ao Marc Oliva que caiu um pedaço grande da escala do 4 andar (varias pedras faicaram no nosso chão) mas o propietario nem o Henrique nem os vizinhos ficaram preocupados...

Boa viagem e sorte!!

Saúde!!

Reply
01/26/2012 07:04

Nice post dude

Reply
01/28/2012 16:31

Nice one info, thanks

Reply
03/24/2012 11:15

THX for info

Reply
06/26/2012 00:52

Found this link while searching Google, thanks

Reply
09/02/2013 21:36

I enjoyed reading your blog, thank you.

Reply



Leave a Reply

    Picture
    Gonçalo Vieira é coordenador do Grupo de Investigação em Ambientes Antárcticos do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa (CEG/IGOT-UL) e relatará neste blogue a sua experiência como responsável pela campanha PERMANTAR-2. Este projecto, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, tem permitido a Portugal manter actividades regulares na região da Península Antárctica e a consolidar o seu papel internacional no estudo do solo permanentemente gelado (permafrost) e das consequências das alterações climáticas sobre ele.

    O PERMANTAR-2 é um projecto português que envolve parcerias com a Argentina, Brasil, Bulgária, Espanha e Estados Unidos da América.
    Picture

    Picture

    Picture

    Picture

    Arquivos

    February 2011
    January 2011
    December 2010

    RSS Feed