Picture
Gabriel a fazer levantamento da topografia com GPS em Crater Lake
Base Antárctica Espanhola Gabriel de Castilla
12 de Janeiro de 2011

Hoje voltei a Crater Lake com o Gabriel para terminarmos o levantamento topográfico iniciado ontem. Faltava-nos fazer o levantamento de detalhe da área onde existe termocarso (subsidência do terreno devido à fusão do gelo do solo) e que pretendemos monitorizar para estudar a sua variação interanual. De manhã estava um vento muito forte de sudeste e um pouco depois de chegarmos ao sítio de estudo, começou a nevar. Não nevou muito, mas sim de forma constante durante as 7h que estivemos lá em cima. O vento forte varria quase toda a neve que caía no solo e pudemos sentir na pele um arzinho da verdadeira Antárctida. Quando o vento roda e vem do lado do continente antárctico, as temperaturas geralmente descem muito e as condições tornam-se mais duras. Ao final do dia, estamos exaustos, pois o trabalho no exterior nestas condições é muito mais cansativo do que num dia de sol, como o de ontem.

Ao fim do dia, já na base, aproveitei ainda para reunir com o Alberto Caselli, geólogo argentino que colabora no projecto, bem como com o Gabriel. Discutimos aspectos do vulcanismo da ilha e planeámos as actividades para os próximos dias e, em especial, para depois de dia 21 de Janeiro, data em que irei para a Ilha Livingston com o Jim e o Marc, ficando o Gabriel e o Ivo a desenvolver as restantes actividades do permantar.

Picture
Eu (esquerda) e o Gabriel no final do dia de trabalho de campo em Crater Lake
 


Comments




Leave a Reply

    Picture
    Gonçalo Vieira é coordenador do Grupo de Investigação em Ambientes Antárcticos do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa (CEG/IGOT-UL) e relatará neste blogue a sua experiência como responsável pela campanha PERMANTAR-2. Este projecto, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, tem permitido a Portugal manter actividades regulares na região da Península Antárctica e a consolidar o seu papel internacional no estudo do solo permanentemente gelado (permafrost) e das consequências das alterações climáticas sobre ele.

    O PERMANTAR-2 é um projecto português que envolve parcerias com a Argentina, Brasil, Bulgária, Espanha e Estados Unidos da América.
    Picture

    Picture

    Picture

    Picture

    Arquivos

    February 2011
    January 2011
    December 2010

    RSS Feed